"É a vida, mais que a morte, a que não tem limites."

domingo, 6 de junho de 2010

MUDANÇAS


(Hoje é um lindo dia de outono azul, e enquanto escrevo, a vejo brincando com um raio de sol. É tanta luz e calor, que desconfio iluminar o mundo inteiro...)

Minha menina agora é a única criança da casa. Pensei que seria uma transição difícil, mas tem sido ótima. É um alento observar que ela não teme mudanças, pois já teve tantas, em tão curto espaço. Sabe aproveitar as vantagens de cada situação.

Minha filha tem um temperamento equilibrado, que lhe permite aproveitar companhia e também, solidão. Fico feliz ao ver que, sozinha, ela não opta pela passividade da TV. Ao contrário, inventa mil brincadeiras e vozes com seus brinquedos ou com objetos da casa. Eu, de mansinho, meio escondida, admiro a construção do seu  mundo.

E tão pequena ainda, sabe ser generosa com seu amor, porque sabe se amar.

8 comentários:

Marcos disse...

Quando eu era criança viajava no meu proprio universo... somente com meus poucos brinquedos, mas a imaginação sim eu tinha bastante.

A gente esquece disso... hj relembrei da minha infancia lendo seu post.

bjs

Sandra disse...

sim... crianças tem o dom especial de adaptar-se...
e quando possuem esta habilidade de um coraçao puro, sao capazes de amar e serem amadas e as mudanças apenas as amadurecem...

bjs

Patrícia Angélica Gonçalves Pereira disse...

Nina, Graças à Deus as crianças se adaptam tão fácil. Nós adultos é que sofremos desesperadamente por medo de vê-las sofrer. Talvez devido às mudanças, talvez devido à educação, talvez pela genética, o fato é que sua menina de cachos é muito madura para a idade. E tem coisa melhor do que ter prazer na própria companhia? Que ela cresça assim, sabendo estar acompanhada e sabendo estar só.

Beijos

Danny disse...

Amiga, que lindo post, também postei quase isso, a Nathalia também sabe brincar sozinha, ela inventa um monte é super criativa, mas sabe brincar junto também, é uma fofa.
Eu adoro esse jeito dela, também não se liga muito em televisão, o negócio dela é brincar.
E a nossa vida é essa, babando, babando nas crias e morreeeeeendo de amor né!

Nina disse...

Marcos,

que gostoso seu comentário, bom saber que o post lhe provocou essa sensação!

Bj

Sandra,

Obrigada pelo comentário, e que assim seja!

Bj

Nina disse...

Patricia,

Obrigada pelo comentário!
Eu, na verdade, vivo mudando. E me mudando!
Não sei se minha linda é madura... Ela é bem bebezinho, ainda bem. Mas ela é, sim, bastante adaptável. Resiliente, pra usar a palavra da moda.

Bj

Danny,

Que legal, vi seu post, o feriado grudadinha nos inspirou, né?
Que seja assim: muito amor!

Bj

Silvana Alves disse...

pequena no tamano, na idade.. mas grande na luz e na fé.
É assim que descrevo sua pequena!
as mudanças fazem parte de nosso crescimento, nossa revolução, e com a intensidade do que ela vive, tenha certeza, ela será um ser humano bem melhor!
felicidades

Marcos disse...

continuação está lá...rs...rs olha, vão ser 10 posts... vixi!

bjs

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails