"É a vida, mais que a morte, a que não tem limites."

domingo, 4 de abril de 2010

PÁSCOA

A chuva caia em pingos isolados, que no chão uniam-se em grandes poças. Estávamos dentro de casa e eu a convidei: "vamos?"  
Eu e ela, juntas sob a chuva de Páscoa. E um arco-íris no céu. 
Há outras águas, das lágrimas que caíram e dos mares que nos esperam. Tudo passa e tudo muda. Mas há as exceções, aquilo que permanece imutável. O amor.
O tempo, hoje, é de acreditar.

4 comentários:

Silvana Alves disse...

faz tempo que não tomo banho de chuva...
após aquela chuva forte, minha mãe me chamou e disse: "olhe que lindo, um arco -íris"... era lindo e forte. vc e sua filha, eu e minha mãe...
sim, Ana,;.o tempo é de acreditar em Deus.

Danny disse...

Espero que tenham tido uma ótima páscoa e com muuuuito chocolate pra adoçar a vida.
Bjs e ótima semana!

Patrícia Angélica disse...

Banho de chuva com a filhota!!! Um que delícia! Beijos

Nina disse...

Sil,

que legal imaginar você e sua mãe sob a mesma chuva, à mesma hora...

Bj


Danny,

Que sua Páscoa tenha sido ótima também!

Bj


Patricia,

Banho de chuva é tudo de bom, mesmo...

Bj

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails