"É a vida, mais que a morte, a que não tem limites."

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Gol!

Domingo fomos a um jogo de futebol.

Eu, minha menina, minha sobrinha mais velha e meu afilhado. Fiquei muito feliz em compartilhar este momento especial com pessoas que eu amo tanto. Minha filha mais que querida, minha sobrinha que me ensinou como é bom ser mãe, meu afilhado que eu vejo pouco, mas amo de longe. Filho da amiga que tem sido ao longo da vida a irmã que eu escolhi.

Foi uma manhã de sol e muitos gols. Pena que nem todos nossos... Foi um empate com gosto de derrota para o nosso time, que jogou em casa.

Mas para as crianças foi tudo de bom! Com pipoca, Guarah (não é guaraná!), pastel... hum! E muitos amigos comemorando e torcendo juntos, em paz.

Foi a primeira vez que minha menina foi a um estádio e não entendeu muito bem o jogo, mas observou bastante. Quase comemorou o gol do adversário, assustou-se com a comemoração dos nossos gols e no final estava quase dormindo...

Mas chegando em casa, ao contar para as gêmeas sobre o passeio, falou sobre o que mais a impressionou: o jogador que foi expulso. Segundo ela, porque não soube brincar e derrubou o amigo.

Mais uma lição: quem quer vencer passando rasteira no outro, acaba ficando de fora. Assim no futebol, como na vida...

11 comentários:

vida cotidiana disse...

Com certeza é o maior dos ensinamentos, lindo domingo.. bjs

Danny disse...

O passeio deve ter sido maravilhoso e muuuito divertido, mas o melhor de tudo foi a conclusão da sua linda menina de cachos sobre a expulsão do jogador, sinal de que vc está ensinando ela muito bem!
Pena que não posta fotinhos pra gente ver, adoraria!
Beijão pras duas!

Heloísa disse...

Nina,
Comentando sua conclusão: é o que a gente espera.
Beijos

olga maria disse...

Nina, a vida às vezes nos faz acreditar que estamos errados em nossas crenças básicas... Daí a dificuldade em educar: ter a firmeza em, muitas vezes, remar contra a maré.
Seu domingo foi lindo!
beijos Olga

Patrícia Angélica disse...

Nina, como eu queria que todos aprendessem esta lição! Tento ensinar à minha pequena que ela deve tratar as pessoas como gostaria de ser tratada.
Estou louca para levá-la para assistir um jogo. Vamos assim que começar o campeonato Carioca. Queria ver uma foto de vcs.
Beijos
Paty

Michele Rosa disse...

Que domingo perfeito, imagino eu!!! Aliás, o seu blog sempre me leva às alturas nas asas da imaginação...

Sua filhota linda já está madurinha, entendendo a vida e exercitando o que aprende com vc, esse reflexo é lindo e nos deixa com orgulho, né?

Bjocas, adoro-te!

Nina disse...

Ana,

Foi mesmo muito bom!

Danny,

Vou te mandar uma foto do jogo, aguenta aí!

Heloísa,

Eu acredito muito em carma. Que o que se dá é o que se recebe.

Olga,

Eu sou muito otimista. Foi mesmo ótimo!

Patrícia,

Eu faço como vv! Todos os dias digo isto para minha menina!
Manda seu e-mail que eu te mando uma foto nossa no jogo.

Michele,

me orgulho mesmo dela!
Também adoro vc!

BEIJOS A TODAS!

Ju Rodrigues disse...

Hmm.. jogo de futebol em estádio vale a pena! Eu adoro..
Em compensação fujo da tv quando há um no ar.. eca!

Tomara mesmo que sua menina leve esse aprendizado para toda a vida. Se não souber brincar.. nada de crescer, só ficar para trás.

Que bom ver você feliz com esses momentos alegres. 2009 pelo jeito promete ein?

beijoca

vani disse...

Nina que linda a sua menina e já sabe que se não sabe brincar sai do play, é lindo como as crianças emcaram as descobertas e como a visão delas da vida apesar de simples é estremamente verdadeira
beijos

Vívian DeGann disse...

Adorei o post!
Beijos

Claudia disse...

Nina, paulista, então tá? Não esqueço mais.

Olhe, faça se você quiser, quando quiser e como queiser. Eu sei que as pessoas são ocupadas mas vai que você se inspira... Eu te convitei pois era você quem eu queria convidar, não dava para ser outra.

Muitos bons domingos para vocês!

Beijos,

C.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails