"É a vida, mais que a morte, a que não tem limites."

terça-feira, 11 de outubro de 2011

DAS COISAS POSSÍVEIS



"Você tem que escrever sobre isso", ele me disse. Foi em uma noite especial (e que virou dia, já que só chegamos em casa depois das 7h da manhã).

Estávamos na festa de comemoração do aniversário de um senhor de 83 anos. Mas não era uma festa sisuda, não! Um festão, com gente de toda idade, em uma casa feita para receber amigos. Eu, que não conhecia ninguém além dele, ali me senti acolhida. A música e os risos chegavam até nós em ondas de alegria. Fui apresentada a mais e mais pessoas, felizes, de bem com a vida. Já passando de meia-noite, veio sentar-se conosco a esposa do aniversariante. Animada, fumando (!), conversando e fazendo piada. Até que tive a oportunidade de ficar ao seu lado. Ele perguntou a ela: "conte o que nós dois devemos fazer fazer para ficar tanto tempo juntos". Ela respondeu com sabedoria: tem que conversar sempre, ter carinho, compreensão, amor. Cheguei mais perto dela, agora só nós duas, e perguntei em tom de cumplicidade:

- Mas, me diga, qual o verdadeiro segredo de um relacionamento duradouro?

- Não tem segredo. O importante é não desistir, para não se arrepender depois.



LinkWithin

Related Posts with Thumbnails